Você é o único
visitante on-line!
Total de visitas: 375778

Infecção urinária

VOCÊ SABIA...?

Que a infecção urinária é a presença de bactérias, fungos, vírus ou microorganismos em qualquer parte do trato urinário (uretra, bexiga, ureter e/ou rins). Quando acomete os rins, chamamos de pielonefrite; quando atinge só a bexiga, chamamos de cistite. Se não tratada da forma adequada, pode provocar complicações graves. 

Como ocorre?

A ITU (infecção do trato urinário) pode acometer indivíduos de qualquer idade e sexo, mas é extremamente mais comum entre as mulheres. Essa relação se inverte no primeiro ano de vida, quando é mais comum nos meninos. Por que a ITU é mais frequente em mulheres? Isso se deve provavelmente a fatores anatômicos. Na mulher, a saída da uretra é bem próxima à entrada da vagina, onde se abriga diversos microorganismos que compõem a flora vaginal. Além disso, os hábitos de higiene após o uso do toalete, como a passagem do papel higiênico em direção ânus-vagina, favorece o transporte de microorganismos intestinais até a vulva. Outro fator importante é que a uretra feminina é bem menor que a masculina, o que favorece o caminho das bactérias desde a entrada da uretra até a bexiga. Na criança maior, que já tenha tirado as fraldas, a infecção urinária causa dor e ardência ao urinar, aumento de frequência e indisposição. Nos recém-nascidos ou lactentes, provoca irritação, gemedeira, inapetência ou falta de ganho de peso. A febre é uma manifestação frequente. Toda criança com febre inexplicável deve realizar um exame de urina.

Infecção de Repetição

Existem mulheres que possuem predisposição ao desenvolvimento de infecções urinárias (cistites). Não se sabe ao certo as razões dessa predisposição mas parece estar relacionada a falhas nas defesas naturais da bexiga ao ataque bacteriano (falta de anticorpos na luz vesical, falha nos mecanismos naturais de defesa da bexiga como pH, camadas protetoras intravesicais…). E comumente estão ligadas a bactéria que é mais frequente das infecções (E. coli). Essas pacientes desenvolvem quadros de cistite (dor uretral intensa à micção, micções frequentes e em pequenas quantidades, urgência miccional, e às vezes, sangramento urinário) com muita frequência. O termo ITU de repetição se aplica a quem tem três ou mais infecções / ano. Uma investigação (ultrassom e R.X., urinocultura e antibiograma) é fundamental para saber a causa da infecção. Acomete 2 a 3% das crianças. É a 2ª infecção bacteriana da infância, só superada pelas vias aéreas superiores.

Tratamento

O tratamento da ITU é feito com antibióticos, escolhidos de preferência após os resultados da cultura de urina. Entretanto, isso não é necessário na maioria das vezes. Excetuando-se os casos de infecção dos rins, quando os antibióticos são dados por via venosa, os outros casos podem ser tratados com medicamentos por via oral. A duração do tratamento depende do tipo de infecção urinária e do antibiótico escolhido. É importante que se faça o tratamento durante todo o período prescrito pelo médico, para evitar a recorrência do quadro.

 

Assine nossos boletins eletrônicos


* Seu e-mail não será divulgado.

Marque sua consulta ou seus exames:

3323-1507|98653-1507
WhatsApp 99930-1200

Rua Meinha Mendes, 88A, Centro Ceres - Goiás , Hospital Dr. Domingos Mendes (InterVida), CEP - 76300-000