7 visitantes on-line!
Total de visitas: 375690

Criptorquidia (Testículos Não-Descidos)

Você Sabia...? 

Que criptorquidia ou criptorquia é uma doença congênita , que causa muita preocupação aos pais, e é caracterizada pela falta de um ou dos dois testículos no escroto – quando eles se encontram em outra localização ou podem estar ausentes (em cerca de 3% dos casos). Ocorre por uma falha da descida do(s) testículo(s) na região inguinal (virilha) – fato que normalmente ocorre já no nascimento, mas pode ser completada até o primeiro ano de vida. A incidência da doença é de 0,8% nos meninos. Geralmente o diagnóstico é feito pelo pediatra, sendo posteriormente encaminhado ao urologista. A importância do tratamento desta patologia é o risco de desenvolvimento do câncer do testículo (cinquenta vezes maior) e da possibilidade de sequela na produção de espermatozóides, causando infertilidade. O tratamento visa a reposição do testículo no escroto, e deve ser realizado nos dois primeiros anos de vida preferencialmente. Para isso , pode ser feito um tratamento hormonal por meio de uma substância denominada de gonadotrofina, e que apresenta bons resultados em 33% dos casos de criptorquidia bilateral e 16% nos casos de testículos em um só dos lados. O outro tratamento é o cirúrgico. Nesse caso, também é corrigida uma hérnia inguinal normalmente associada, em 90% dos casos. Deve ser salientado que a correção da doença pode melhorar as condições de fertilidade do paciente, porém não reduz a possibilidade do câncer de testículo . No entanto, possibilita um exame do testículo mais fácil (pelo fato do mesmo estar no escroto) - exame este que deve ser realizado anualmente.

 

Assine nossos boletins eletrônicos


* Seu e-mail não será divulgado.

Marque sua consulta ou seus exames:

3323-1507|98653-1507
WhatsApp 99930-1200

Rua Meinha Mendes, 88A, Centro Ceres - Goiás , Hospital Dr. Domingos Mendes (InterVida), CEP - 76300-000