2 visitantes on-line!
Total de visitas: 375747

Priapismo

VOCÊ SABIA...?

Que priapismo é uma ereção persistente (mais de 4 horas), frequentemente dolorosa, desencadeada ou não pela atividade sexual. O nome priapismo vem da mitologia grega na qual "Príapo, filho de Afrodite, era conhecido pelo seu falo longo e ereto". É uma emergência urológica e pode ocorrer em qualquer idade! Na adolescência está muitas vezes associado à doenças do sangue, como a leucemia e anemia falciforme. Nas demais idades, geralmente é idiopática (sem causa específica). Nos idosos pode estar associada à neoplasias. Vários fatores estão relacionados como possíveis causadores de priapismo: abuso de álcool ou drogas, traumas genitais, doenças inflamatórias. A causa idiopática (desconhecida) e a mais frequente. A utilização de drogas injetadas diretamente no pênis (no corpo cavernoso) a fim de provocar ereções têm aumentado a incidência de priapismos. Dentre essas drogas, a mais associada ao priapismo é a papaverina. Existem dois tipos: o de baixo fluxo (venoclusivo), mais comum, e que está ligado à diminuição do retorno venoso. É doloroso devido à má oxigenação do pênis. O outro tipo é o de alto fluxo (arterial), menos frequente, indolor e geralmente causado por trauma peniano. O tratamento pode ser aspiração do corpo cavernoso (drenagem); injeção de drogas vasoativas (vasoconstritores); aspiração e lavagem do corpo cavernoso ou tratamento cirúrgico (a fim de criar comunicações entre o corpo cavernoso e corpo esponjoso). Obs: nos casos em que não há resolução do priapismo ou que este permaneceu várias horas sem tratamento, ocorre a fibrose dos corpos cavernosos com comprometimento futuro das ereções. Provalvelmente a única solução será a prótese peniana.

Assine nossos boletins eletrônicos


* Seu e-mail não será divulgado.

Marque sua consulta ou seus exames:

3323-1507|98653-1507
WhatsApp 99930-1200

Rua Meinha Mendes, 88A, Centro Ceres - Goiás , Hospital Dr. Domingos Mendes (InterVida), CEP - 76300-000