2 visitantes on-line!
Total de visitas: 415269

Disfunção Erétil (Alteração da Ereção)

VOCÊ SABIA...?

A disfunção erétil (DE) é definida como a incapacidade persistente de obter e manter uma ereção suficiente para uma função sexual satisfatória. No Brasil cerca de 25 milhões de homens com mais de 18 anos sofrem de DE e ocorre principalmente em homens entre 40 e 70 anos de idade. Porque ocorre ? A DE pode ser de causa orgânica ou psicogênica. Os fatores de risco psigogênicos conhecidos estão relacionados como estresse, mudança de status econômico e traumas sexuais. Já os fatores de risco orgânicos são as alterações hormonais, o tabagismo, a diabetes, doenças crônicas como doença de Parkinson, esclerose múltipla, depressão, insuficiência renal crônica, DPOC (doença Pulmonar Obstrutiva crônica). Os fatores de risco cardiovasculares como hipertensão arterial, colesterol elevado, obesidade e sedentarismo também estão relacionados. O uso de drogas como o álcool e a maconha predispõem à disfunção erétil, assim como cirurgias no cérebro, na medula espinhal e região pélvica. Como se trata? O tratamento medicamentoso oral consagrou-se como a principal opção terapêutica de pacientes com disfunção erétil sendo considerado como tratamento de primeira linha.O tratamento de segunda linha inclue a injeção intracavernosa e o uso de dispositivos a vácuo. O último recurso é a prótese peniana, quando nada mais é eficaz. A prótese peniana está indicada para indivíduos com DE de causa orgânica e quando outras modalidades de tratamento não deram certo. A psicoterapia também é empregada nos casos onde a origem da DE é psicogênica, e como tratamento auxiliar na DE orgânica. Para muitos homens a psicoterapia pode ser um tormento e é motivo de desistência frequente, mas é tão importante quanto a medicação. É imprescindível estar determinado em resolver o problema e procurar um profissional habilitado (terapeuta sexual) para auxilia-lo, se for o caso. 

O questionário a seguir serve para avaliar sua saúde sexual e determinar se você possui dificuldade de ereção. Cada pergunta tem 5 ou 6 respostas, escolha aquela que melhor descreve a situação em que você se encontra. Depois, some os pontos relativos ao número de cada questão. Ao final, verifique se você têm disfunção erétil e qual é o grau.

 

Escolha somente uma resposta para cada uma das perguntas abaixo.

 

Durante os últimos 6 meses: 

 

Como você classifica sua confiança em manter uma ereção?

 

1. Muito baixa

 

2. Baixa

 

3. Moderada

 

4. Alta

 

5. Muito alta

 

Quando você tem ereções com estímulo sexual, com que frequência suas ereções atingem a rigidez para penetração (penetrar sua parceira)?

 

0. Sem atividade sexual nos últimos 6 meses

 

1. Quase nunca ou nunca

 

2. Poucas vezes (muito menos que a metade das vezes)

 

3. Algumas vezes (cerca de metade das vezes)

 

4. A maioria das vezes (muito mais que a metade)

 

5. Quase sempre ou sempre

 

Durante a relação sexual, com que frequência você conseguiu manter sua ereção após ter penetrado sua parceira?

 

0. Sem atividade sexual nos últimos 6 meses

 

1. Quase nunca ou nunca

 

2. Poucas vezes (muito menos que a metade das vezes)

 

3. Algumas vezes (cerca de metade das vezes)

 

4. A maioria das vezes (muito mais que a metade)

 

5. Quase sempre ou sempre

 

Durante a relação sexual, qual o nível de dificuldade para manter sua ereção até o final da relação sexual?

 

0. Sem atividade sexual nos últimos 6 meses

 

1. Extremamente difícil

 

2. Muito difícil

 

3. Difícil

 

4. Pouco difícil

 

5. Nada difícil

 

Quando você teve a relação sexual, com que frequência ela foi satisfatória para você?

 

0. Sem atividade sexual nos últimos 6 meses

 

1. Quase nunca ou nunca

 

2. Poucas vezes (muito menos que a metade das vezes)

 

3. Algumas vezes (cerca de metade das vezes)

 

4. A maioria das vezes (muito mais que a metade)

 

5. Quase sempre ou sempre

 

 

 

22 a 25 pontos – Ausência de disfunção erétil

 

17 a 21 pontos – Disfunção erétil leve

 

12 a 16 pontos – Dinfunção erétil de leve a moderada

 

8 a 11 pontos – Disfunção erétil moderada

 

1 a 7 pontos – Disfunção erétil severa 

 

Fonte: Rosen RC, Cappelleri JC, Smith MD, Lipsky J, Pena BM. Development and evaluation of an abridged, 5-item version of the International Index of Erectile Function (IIEF-5) as a diagnostic tool for erectile dysfunction. Int J Impot Res 1999; 11:319-26

 

 

Assine nossos boletins eletrônicos


* Seu e-mail não será divulgado.

Marque sua consulta ou seus exames:

98653-1507
WhatsApp 99930-1200

Av. Bernardo Sayão, S/N Clínica Renaissance Setor - Rialma II - 1a Etapa, Rialma - GO, 76310-000